• Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Português (Brasil)English (United Kingdom)
Principal Notícias
Notícias

Quem quer ser pesquisador?

Matéria veiculada no programa "Sala de Notícias" do Canal Futura discute, junto com o Prof. Adolfo Bauchspiess do PGEA, os desafios de se fazer pesquisa no Brasil.

 

Pesquisa de Mestrado do PGEA premiada como melhor trabalho no IEEE DATICS-NESEA 2011

O artigo System-Level Power Consumption Modeling of a SoC for WSN Applications de autoria de Heider Marconi Guedes Madureira, Gilmar Silva Beserra, José Edil Guimarães de Medeiros e José Camargo da Costa foi premiado como melhor trabalho no Workshop Design, Analysis and Tools for Integrated Circuits and Systems (DATICS-NESEA 2011) da 2nd IEEE International Conference on Networked Embedded Systems for Enterprise Applications (NESEA 2011). O workshop aconteceu nos dias 8 e 9 de dezembro de 2011 em Perth, Austrália.

Este trabalho está relacionado à dissertação de mestrado de Heider Marconi Guedes Madureira, defendida com sucesso no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e de Automação (PGEA) em outubro de 2011.

 

Estudante de Eng. Elétrica da UnB é premiado em competição internacional de artigos estudantis

Davi Marco Lyra Leite, estudante do 9o semestre de Engenharia Elétrica da UnB, foi premiado em segundo lugar no concurso de artigos estudantis da região 9 (América Latina e Caribe) do Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE ), na área de Elétrica. O IEEE é a principal organização profissional na área de engenharia elétrica e tem mais de 400.000 membros em mais de 160 países.

O trabalho premiado, intitulado "Reconstrução de Imagens de Ressonância Magnética com Imageamento Paralelo", competiu com artigos de estudantes da Argentina, Equador, Peru, Colômbia, México, Honduras, Uruguai, Paraguai, Venezuela e Brasil. O artigo descreve o trabalho de Davi em seu primeiro ano como bolsista do Programa de Iniciação Científica (ProIC) da UnB, sob a supervisão do Prof. João Luiz Azevedo de Carvalho, do Departamento de Engenharia Elétrica. A técnica de imageamento paralelo, estudada por Davi, permite reduzir a duração dos exames de ressonância magnética. Davi vem usando essa técnica para acelerar exames de ressonância magnética cardiovascular, nos quais é medido o fluxo sanguíneo.

A formatura de Davi está prevista para junho de 2012. O futuro engenheiro pulará o mestrado e, em agosto de 2012, iniciará um doutorado nos Estados Unidos. Lá, o estudante pretende continuar desenvolvendo pesquisa na área de ressonância magnética.

 

Exame de ressonância magnética para medição do fluxo aórtico

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. A ressonância magnética é a única modalidade de imageamento médico capaz de fornecer um exame cardiovascular completo. Uma componente importante da avaliação cardiovascular é a medição do fluxo sanguíneo. No entanto, as técnicas mais difundidas para quantificação do fluxo sanguíneo por meio de ressonância magnética não são apropriados quando há a ocorrência de jatos de fluxo, o que é comum em doenças valvares, como a estenose e a insuficiência aórticas.

O capítulo entitulado "Rapid Quantitation of Aortic Valve Flow Using Spiral Fourier Velocity Encoded MRI", publicado recentemente no livro Aortic Valve (ISBN: 978-953-307-561-7, ed. InTech, 2011) e escrito pelo Prof. João Luiz Azevedo de Carvalho, da Universidade de Brasília, descreve um exame de ressonância magnética capaz de medir a distribuição de velocidades (incluindo a velocidade de pico) em jatos de fluxo aórtico. A técnica foi desenvolvida pelo professor do Departamento de Engenharia Elétrica durante seu doutoramento na University of Southern California (EUA) e vem sendo refinada na UnB. A equipe orientada pelo Prof. João Luiz conta atualmente com 4 alunos de pós-graduação e 7 alunos de graduação.

O capítulo, de acesso livre, pode ser obtido gratuitamente aqui.